Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Truques para poupar dinheiro

 

Sempre fui super poupadinha. Quando queria comprar alguma coisa, tinha sempre poupanças e nunca precisei pedir aos meus pais para me comprarem nada. Para isso recorria a alguns truques para poupar sem que tivesse de me custar muito ou deixar de fazer a minha vida normalmente.

 

Fazer render a semanada (mesada para quem a tem) //

Sempre que recebia a minha semanada (na altura do básico/secundário), fazia os possíveis para gastar só no que era necessário. Os meus pais davam-me cerca de 20€ por semana, porque eu tinha sempre materiais para comprar (estava em Artes), estava numa escola a 20km de casa e precisava de comer, claro. Então na segunda-feira comprava logo as senhas de almoço para toda a semana, o que só me ia custar à volta de 5€, por isso tinha ainda 15€ que davam para tomar o pequeno-almoço e lanchar, nas semanas boas não tinha de comprar materiais e sobrava mais. Todos os dias quando chegava a casa colocava as moedas que tinha na carteira dentro de uma caixinha, ficando só com as notas na carteira, no final da semana tinha poupado sempre 5€/10€.

 

Comprar apenas o que é útil e necessário //

Tenho cá para mim que sempre fui assim. Se as coisas não são úteis, se não preciso delas mais do que uma vez, custa-me estar a pagar por algo que não serve para nada. Por exemplo, nunca tive um Playstation, nem nunca quis ter, sabem porquê? Porque praticamente não estava em casa e quando estava de certeza que não seria para isso. Cheguei a ter um leitor de CDs, quando não haviam MP3 ainda ou eram caros demais, só deixei de o usar quando se estragou. Também tive alguns MP3 que só deixei de usar/comprei outro quando se estragavam a sério, sim porque ainda cheguei a mandá-los para serem arranjados.

Basicamente este truque consiste em quero aquilo e fazer a reflexão sobre isso: vou usá-lo?, preciso mesmo?, durará muito tempo?, não me vou fartar?, é bonito?.

 

Escolher a roupa que gostamos mesmo //

Detesto ir às compras e, perdoem-me seguidores do sexo masculino, mas nem todas as mulheres são iguais. Odeio confusão, odeio andar a vestir-me e a despir-me, principalmente no verão. Por isso mesmo só vou comprar roupa quando tem MESMO de ser, que normalmente só acontece quando preciso de calças novas, não por as minhas terem sido usadas 20 vezes (como me disseram uma vez por aqui), mas porque se rasgaram e eu odeio quando a minha mãe lhe mete remendos, porque ficam com aquelas linhas todas à vista e dá uma péssima imagem ter aquilo no meio das pernas, assim como também não é muito cómodo. As camisolas já são uma coisa que eu compro mais, apesar de não comprar assim tanto, são um material mais frágil do que das calças e quando estão com aspecto de velhas, por terem sido usadas e lavadas tantas vezes, deixam de ser bonitas e preciso renovar o lote de camisolas.

 

Relação preço/qualidade //

Sou daquelas pessoas que estuda muito bem tudo aquilo que compra. Se é bom, se é dourador, se é barato porque é mau ou se o preço a que está compensa ser pago porque é bom. Opto muito pelo barato, mas tenho sempre em atenção se é de boa qualidade, por exemplo, quanto à roupa de inverno, aproveitar os saldos da Mango vale sempre a pena, porque são de óptima qualidade e é impossível comprá-las quando estão no preço normal. Já quanto a máquinas fotográficas, computadores, MP3, etc. faço questão de pesquisar muito. Vejo os preços nas lojas, as descrições, vejo reviews na internet e peço opinião a entendidos. Gosto de comprar em segurança e se for bom com um preço acessível, marcha sempre!

 

Jantares de grupo, pagar igual //

Certamente todos têm jantares de grupo e dividem a conta por todos, mas quando queremos ser nós a marcar um jantar de aniversário ou algo assim, devemos sempre procurar restaurantes acessíveis, por exemplo prato+café+bebida à descrição=X€, entendem? Normalmente sai muito mais barato, porque o preço é fixo e consumimos mais. Geralmente é algo que todos fazem, mas nas vezes em que não planeamos, vamos só jantar, às vezes não tocar nas entradas ou fazer render a nossa bebida ajuda a poupar uns bons €.

 

Fugir dos jogos //

Quer seja o Euromilhas, as Raspadilhas, o Tótóbolo ou wtv, tento fugir disso a sete pés. Grande parte das vezes é dinheiro em vão, se bem que as Raspadilhas costumam render mais, mas acho desnecessário jogar a isso quase sempre. Uma vez por acaso, ok, tudo bem, mas sempre? Não, é dinheiro atirado fora que pode dar para uns cafés, etc..

 

Estes foram alguns dos meus truques, agora quero saber o que é que vocês costumam fazer para poupar dinheiro. Pode ser que tenham alguma dica preciosa para mim.

» Créditos da imagem: Google