Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

52 semanas | 30 de 52

 Fonte

FICO IMPACIENTE COM PESSOAS QUE... //

 

PASSAM À FRENTE DOS OUTROS NAS FILAS, quando ia ver o meu pai ao hospital, fui pedir o cartão da visita à recepção e vem uma mulher, estúpida que só visto, em que até o homem a repreendeu e ela deu um toque de ombros, como quem diz quero lá saber se tenho alguém à frente e ia para falar, quando a recepcionista me chamou a mim ao invés dela. Quando fui embora, olhei para ela e fiz-lhe um sorriso, como quem lhe diz querias passar à frente, não era? temos pena!.

A sério, se em filas de supermercado já é como é, num hospital não era suposto terem consideração pelas outras pessoas? Mas bom, há gentinha para tudo.

 

ME DEIXAM À ESPERA, por norma, chego sempre antes ou em cima da hora onde quer que tenha de ir e estar a uma hora certa. Combinar algo, essa pessoa atrasar-se, sem motivo aparente, e ainda dizem estou a sair e ainda nem sequer saíram, nem entraram no maldito carro... deixa-me bastante impaciente.

 

SE RECUSAM A AJUDAR QUANDO PODEM, é provável que tenha visto isto acontecer imensas vezes. Pessoas que estão ao lado de alguém, que deixou cair qualquer coisa e nem a apanham, porque não é meu, não tenho de apanhar ou porque não tenho de o fazer. Custa assim tanto? E isto serve para muitas outras coisas, é apenas um exemplo.

 

ANDAM DEVAGAR NO PASSEIO E EM GRUPO, a sério, pessoas, digam-me lá onde é que essa estúpida ideia tem jeito? As pessoas que vêm de frente para vocês, têm de ir para a estrada, porque vossas excelências não se podem encolher e os que vêm atrás, têm de continuar atrás ou pela estrada, porque não as deixam passar. Isso tem lógica? Isto também serve para aqueles que seguem em linha recta e nem se desviam dos outros.

 

FALAM/GRITAM NOS AUTOCARROS, felizmente já não ando de autocarro, mas quando andava, dava em doida só de ouvir as pessoas a falarem como se comunicassem com o autocarro inteiro. Passei a ouvir música só por causa disso, porque é extremamente irritante ter de fazer uma viagem com mulheres aos berros umas para as outras a falar da vida dos outros, crianças a chorar/a fazer birra, adolescentes com as hormonas aos saltos... epa.

 

+extra: SÃO MAUS CONDUTORES, não há muito a dizer. Ou arranjam uma velocidade constante e aprendem a dominá-la, assim como a distância que vai de vocês a uma curva ou então tenham aulas de condução, porque eu perco a paciência com as anormalidades que vejo todos os dias. (Olá, JI, tenho saudades tuas! Passaste a ir para o trabalho às 8h20? Fico tão mais feliz por teres esse horário para circular na via pública. Beijinho no ombro, sim?).

5 comentários

Comentar post