Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

6 imagens // 30 dias: Outubro

 

Nunca pensei que Outubro fosse um mês tão cansativo, tão triste, tão desmotivador... tão negativo. As coisas no estágio não têm corrido nada bem e não vejo a hora de chegar Janeiro e dizer até que enfim que me vi livre disto!. As fotos que publiquei reflectem bastante bem o meu estado de espírito durante o mês: agarrar-me às pequenas boas coisas do dia e tentar ter força para suportar tudo. Digamos que até resultou grande parte do tempo.

 

01. Lembram-se das malditas mini-mãos? Eu não as detestava, aliás, até gostava de poder criar aquelas coisinhas e ficarem perfeitinhas no fim, mas com a pressão que eu tinha de ter de fazê-las, de fazer o site, de fazer desenhos de bonecas, tudo em 8h de trabalho diário... eu não estava mentalmente capaz para aguentar tudo isso, muito menos para fazer tudo com a mesma dedicação ou com a dedicação que precisavam.

02. Pediram-me um esboço e eu fiz. Esboço s.m. Reunião dos traços primários que, sendo provisórios, dão início a uma obra de arte, a um desenho etc.; O que pode representar um resumo; síntese: realizou um esboço concreto das notícias; Aquilo que se apresenta de maneira breve e provisória: esboço do trabalho; Figurado. As ideias iniciais acerca de alguma coisa; começo; Ação que teve seu desenvolvimento interrompido por alguma coisa (no início). Obviamente que a pessoa para a qual eu trabalho não tem qualquer tipo de conhecimento desta área, então disse-me que estavam uma merda, uma autêntica porcaria e que eram uma vergonha. Senti-me humilhada, triste e farta de trabalhar neste local onde NUNCA ouvi um único elogio ou agradecimento. Peguei nos malditos esboços, passei para novas folhas, pintei e entreguei (os da foto). Já eram lindos.

03. Depois de um dia de trabalho horrível. Depois da hora ter mudado e estar triste por chegar a casa de noite e já nem poder desfrutar do pôr-do-sol... olho pela janela e vejo isto: um pequeno e lindo arco-íris. Fez o meu dia.

04. O moço ama este lugar e eu, confesso, também já o amo. A calma e serenidade deste lugar, aliados ao pôr-do-sol, ao efeito das nuvens e à boa companhia... é o paraíso.

05. 1 de Novembro (eu sei!), o dia da Universidade de Évora. Assisti ao meu 5º 1 de Novembro e as recordações foram muitas, mas, acima de tudo, o que mais me deixou orgulhosa e interiormente emocionada, foi assistir a todos aqueles que eu praxei tornarem-se padrinhos de alguém. Assistir ao meu afilhado e aos meus pseudos a continuarem esta tradição linda e ver que os caloiros lhes tinham respeito e carinho como eles tiveram a nós e nós a quem nos praxou. Melhor ainda foi estar com os meus "bichos" e ver que alguns se emocionaram por me verem. Tão bom!

06. (Na semana passada) Fui obrigada a ir do meu posto de trabalho para uma biblioteca a 30km de lá, então nem foi mau demais por ser mais perto de casa e porque pude almoçar, passear um pouco e rever esta vista linda do miradouro. Ok, eu sei que o rio está castanho, mas é das chuvas.

27 comentários

Comentar post