Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

BLOGMAS | Dia 12: Filmes de Natal

BLOGMAS | Dia 12

 

O meu tema e passatempo favorito no Natal finalmente aparece no Blogmas. Quem me segue sabe que sou passadinha por filmes e que adoro desfrutar deles em qualquer altura, desde que tenha tempo livre, claro!

Com o Natal a chegar, os filmes da temática também aparecem todos e isto inclui o desgraçado do Sozinho em Casa que já tem uma idade bastante avançada (sabiam que o filme tem 25 anos? Pois é!). Então decidi fazer uma lista daqueles que eu gosto mesmo de ver nesta altura (alguns tão velhinhos como o Sozinho em Casa), embora não os veja sempre, nem me importa se é Natal ou não para os ver ou se eles são mesmo do Natal, mas estas são as minhas dicas para vocês.

 

BLOGMAS | Dia 12

 

01. The Nightmare Before Christmas, 1993

Tim Burton é Tim Burton e é mesmo um máximo. Esta longa-metragem é espectacular e conta-nos a história de Jack, uma personagem que é uma caveira (sombrio como o Tim Burton gosta... e nós também) que vive na Cidade do Halloween e onde todos os dias são Dia das Bruxas. Cansado disto, ele decide mudar de cidade e vai para a Cidade do Natal, onde conhece e se apaixona pelo espírito natalício. Este filme é mesmo um delícia e recomendo vivamente!

 

02. The Muppet Christmas Carol, 1992

Os Marretas são aquelas personagens super fofas e divertidas e só tenho pena do casalinho mais fofo ter separado: o Cocas e a Miss Piggy. Para esquecermos essa infelicidade, ficam estes filmes para matarmos saudades deles e este é mesmo demais! Os Marretas contam-nos, numa versão musical, o conto de Charles Dickens sobre Ebenezer Scrooge, um maldito forreta que aprende o verdadeiro sentido do Natal quando é visitado pelos Fantasmas dos Natais do passado, presente e futuro.

 

03. How The Grinch Stole Christmas, 2000

O Grinch é uma personagem que odeia o Natal e por isso mesmo decidiu acabar com o Natal em todo o mundo. De qualquer das formas, a menina Cindy Lou Who vai resolver isso na perfeição! A mensagem que ele passa faz-nos reflectir no que realmente importa nesta altura: celebrar a vida e partilhar os bons momentos com as pessoas que amamos.

 

BLOGMAS | Dia 12

 

04. The Polar Express, 2004

Na véspera de Natal, um rapaz, que não acreditava no Pai Natal, realiza uma viagem de comboio rumo ao Pólo Norte. Tudo isto acontece quando ele vai para a cama fingir que está a dormir, enquanto os pais e a irmã esperam pela chegada do Pai Natal, ou seja, pela meia-noite. De repente, ele ouve um barulho da rua, espreita à janela e vê um comboio parado em frente à sua casa: era o Expresso Polar. Este filme quando saiu, não foi nada bem aceite, aliás, acho que nem lhe deram grande valor. O método de criação é idêntico ao do Senhor dos Anéis ou ao King Kong, animação, por isso, acho que estão a ver porque gosto tanto dele e porque espero que gostem também.

 

05. Edward Scissorhands, 1990

É Tim Burton e eu nem sei por onde começar para falar sobre ele! Vocês sabem, eu sou doida por ele (ok, já disse ali em cima), mas este filme é e continuará a ser o meu filme favorito. Tem 25 anos, mas mesmo assim é intemporal. Aliás, Tim Burton será sempre intemporal. Mas a história é tão doce e obscura ao mesmo tempo que nos prende ao ecrã sem darmos por isso. Edward ou Eduardo em português é um homem inacabado com tesouras no lugar das mãos e que vive isolado, numa mansão enorme, no alto de uma colina. É encontrado por uma senhora que vende cosméticos, a Peg, e ela leva-o para a casa dela, o que causa uma grande agitação no bairro. Nisto, ele apaixona-se por Kim, a filha da Peg, e passa a defendê-las de qualquer conflito. O problema é o namorado da Kim, o Jim. É uma história linda, caso não tenham visto ainda (como é possível?) e acho que vão adorar este romance mascarado, digamos assim.

 

06. Elf, 2003

Criado por elfos, Buddie nunca se adaptou ao estilo de vida deles, tudo isto porque ele não passa de um humano! Nisto, ele decide viajar para Nova Iorque em busca do seu pai biológico, embora não disfarce que foi criado por elfos (com todos os seus costumes, etc., bem diferentes de um humano). É um filme super divertido, porque assistimos à adaptação dele ao mundo dos humanos e à busca que ele faz atrás do pai.

 

Contem-me, que filmes de Natal é que gostam mais?

11 comentários

Comentar post