Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Finalmente licenciada!

É com uma alegria enorme que posso dizer que o sacrifício terminou e que finalmente tenho o meu curso terminado!

Depois de tanta mudança, tanto esforço, tanto sofrimento, esta etapa termina em grande. Apesar de Estética me ter ficado com um 13 no final, ao menos passei e acabei aquela cadeira demoníaca! Tive dois 15's e um 14. Mas acabou! Não mais Évora. Não mais colegas de casa infernais. Não mais professores estúpidos. Não mais ser estudante.

 

Esta última parte deixa-me meio nostalgica, porque fico a pensar no meu precurso escolar, em que estive em três escolas diferentes (primária, básica e secundária). No fim disto tudo, ainda fui para Évora (2h de viagem e 136km de distância), numa mudança radical como é sempre a ida para a universidade: nova cidade, nova casa, novas companheiras de casa, novas pessoas, nova escola, novos horários e disciplinas, novos hábitos. Ufa! Foi uma lufada de realidade que no primeiro mês estive ainda meio abananada de lá estar e nem sequer gostei muito da casa onde morava durante o 1º semestre, mas fiquei lá na mesma durante os 3 anos e meio de curso. E só para matar saudades, vou recordar um pouco destas coisinhas boas aqui.


Set a Nov - 2011

Na minha universidade, quando entrei e aceitei ser praxada, passei a ser bicho - o grau mais pequenino da tradição. Não foi nada mau, foi super divertido, apesar de ter passado praticamente um mês e meio de praxes doente e com medicação, diverti-me imenso! Não passei por faltas de respeito, conheci muitos colegas (de turma e curso) e no meio de gritos e ordens, sempre me fartei de rir e foram os melhores tempos que lá passei. Para quem é contra a praxe, acho que depende muito do curso, da escola, mas acima de tudo das pessoas que praxam. Se a cabeça é pequena, a praxar não fica maior, acreditem!

 

DSC04981.JPG

Sou mesmo eu! No dia da aula de praxe, dia em que escolhemos os padrinhos. 

383142_1575727808593_1697521041_780954_472604483_n

392112_1575730488660_1697521041_780957_587610583_n

 Cerimónia de apadrinhamento - nós em cima e os senhores estudantes em baixo.

31102011054.jpg

 Sendo alunos de Artes, o Halloween não escapa!

DSC05502.JPG

DSC05527.JPG

 O nosso 1º dia 1 de Novembro.

NA UÉvora este é o dia da universidade (feriado sempre!) e é quando existe a transição de bichos para Caloiros e de outros escalões. Temos a cerimónia do molha pé e a da sapatada que consistem em ir debaixo da capa da madrinha/padrinho a levar pancadinhas na cabeça e depois molhamos o pé na fonte. À meia-noite de dia 2 os sapatos são lançados da porta da Sé pelos notáveis (orgão que gere a tradição) e temos de encontrar o nosso sapatinho lindo. Até lá andamos descalços, com meias e sacos no pé direito.

 

Nov - 2012

P2090013.JPG

 No nosso 2º dia 1 de Novembro já podemos trajar e passamos a Alunos.

É o dia de mais orgulho, poder envergar o traje.

 

Set a Nov - 2013

AulaPraxe_2013.jpg

1383245_3454847185403_413765497_n.jpg

SrsEstudantes_2013.jpg

Apadrinhamento_Carlota.jpg

Apadrinhamento_Ze.jpg

Apadrinhamento_todos.jpg

 Nesta altura já era Senhora Estudante (podia praxar e colocar emblemas na capa).

Foi a aula de praxe apadrinhamento. Como podem ver, tenho dois maluquinhos!

 

Jun - 2014

Decidi que mesmo não terminando logo, iria queimar com os meus colegas e depois não iria esperar de Janeiro a Junho para o fazer com pessoas que nem sequer "passam" pelo meu percurso, nem me acompanharam. Ficam aqui algumas fotos da minha Queima:

Imagem (6).jpgImagem (5).jpg

DSC_1773.JPG

A benção das fitas foi na Sé.

DSC_1822.JPG

Imagem (25).jpg

 O meu padrinho de queima foi o meu irmão.

Imagem (7).jpg

 Cumprimentos à mesa dos importantes.

Imagem.jpg

 O brinde.

Imagem (12).jpg

 A queima da fita do padrinho.

Imagem (19).jpg

Imagem (18).jpg

Imagem (11).jpg

 O banho.

Imagem (23).jpg

Queimados Artes Visuais 2014

 

13 comentários

Comentar post