Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Gente que espalha sorrisos, deixa-nos felizes!

 

Life is rare and people change, foi o meu pensamento esta manhã. Sabe tão bem sair à rua, ouvir bom dia com um sorriso rasgado e ver que as pessoas estão atarefadas na sua rotina, mas que continuem animadas, sorridentes, felizes. Sabe bem ter dias em que não apanho nenhum stressado no trânsito logo pela manhã e que, inclusive, até têm bom-senso e alertam os outros para os perigos, fazem sinal para ultrapassarmos porque estamos em segurança, respeitam os ciclistas... porque é que não há mais dias assim?

 

Nota-se que as pessoas entraram numa fase em que já não são totalmente felizes, totalmente elas. Os outros pouco lhes importam que estejam vivos ou mortos; se não precisam de um favor, nem sequer falam com os outros; se não está à vontade delas, é logo tudo à bruta, não se respeita ninguém e é uma tourada. Porque é que não tentam ter calma? Porque é que insistem em tornar um simples problema, numa tempestade e arrastando os outros? É naquele pensamento de se eu não sou, os outros também não podem ser? Isso é egoísmo.

 

Mas hoje essas pessoas parece que acordaram bem, que o excelente dia de Verão lhes deu um ânimo diferente, que as tornou melhores (ou nelas mesmas) e não em bichos. Passar na rua, não conhecer a pessoa que passa por nós, mas sorrir para ela, é tão simples e pode tornar o dia da outra pessoa bem melhor, já pensaram nisso? Porque não praticá-lo todos os dias? Eu sei que se estou feliz, isso passa para os outros e é quase como uma reacção em cadeia, mas eu sou aquele tipo de pessoa que vai na rua com um sorriso na cara, mesmo quando está à pressa ou stressada. Já me aconteceu estar triste, com vontade de fugir daquele lugar, só que alguém passou por mim, esboçou um sorriso e o meu dia melhorou. As amarguras da vida combatem-se assim: espalha-se sorrisos para colher boas energias.

 

Falar de felicidade quando se está feliz, para alguns, pode parecer estúpido ou idiota, mas a felicidade deve ser praticada, treinada, todos os dias da nossa vida. Ela é tão rara, é tão simples, é tão pouca que se não fizermos um minimo de um esforço para a aproveitar, nunca seremos capazes de dizer que somos felizes. A felicidade parte de nós mesmos, é adquirida com o tempo, com o nosso esforço e com a nossa dedicação/paixão pelas coisas. Se fazemos o que gostamos, se vamos onde gostamos, se estamos com quem gostamos de estar, se aproveitamos os pequenos momentos de felicidade, tudo se vai construindo sozinho e chegamos a um ponto em que nos sentimos bem, sem darmos pelo "esforço".

 

Vamos praticar o sorriso?

 

» Créditos da imagem: Pinterest

 

10 comentários

Comentar post