Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Movie Review | Vingadores: A Era de Ultron

 

 Vingadores: Era de Ultron, 2015

Os Vingadores continuam a tentar salvar o planeta das ameaças que vimos no primeiro filme, mas aqui a ambição do Stark é que leva tudo a correr mal: pretende construir um sistema de inteligência artificial, mas acaba por criar o Ultron. Para o combater precisam unir-se e salvar todo o planeta da extinção.

 

Não sei explicar o porquê, mas sempre que aparecia o Ultron, lembrava-me de um cãozinho a virar a cabeça de um lado para o outro como se estivesse a tentar compreender o que lhe dizem. É um filme realmente interessante, do início ao fim, com alguns momentos que dão vontade de rir, graças ao Thor, mas sinceramente nem sei bem o que dizer quanto a ele, porque foi um pouco semelhante ao primeiro: o Stark continua ambicioso e a querer fazer tudo às escondidas dos outros e continua a dar-se mal nessas suas experiências para alcançar sempre mais. Pudemos contar com a presença do Hansel e dois gémeos que são considerados os Melhorados.

 

Finalmente, descobri quem é a Romanoff: a Viúva Negra. No primeiro filme dos Vingadores não sabia quem ela era, nem o que andava ali a fazer. Entretanto, não me lembro se foi no filme do Iron Man 2 ou do Capitão América 2 que eu a vi e fiquei com a pulga atrás da orelha, neste Vingadores 2 ficamos a saber mais da história dela e... (spoiler alert) ela aparece com um crush pelo Hulk, o que é super amoroso de ver no filme!

 

À semelhança dos outros, sou capaz de apostar que antes de sair o Vingadores 3 (oh yeah, vai haver um 3 e tenho cá para mim que mete pessoal que apareceu no filme dos Guardiões da Galáxia) vai haver um filme sobre a Viúva Negra, porque os outros todos já tiveram direito a isso e a Marvel (Disney) está a produzir filmes sobre todas as personagens, portanto... yeah!

 

Classificação do IMDB: 7,8/10

Classificação nuages dans mon café: 8/10

10 comentários

Comentar post