Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Natal | Ainda não chegou... mas já está aí!

Por muito estranho que pareça haver publicações de Natal no início de Novembro, acho que a questão do consumismo simplesmente se elevou. As lojas têm de começar a colocar as coisas de Natal agora para serem vendidas com tempo, lembro-me de no ano passado ir a uma semana do Natal ao Leroy Merlin e não haver uma única árvore de natal para venda, nem luzes, nem bolas, NADA!

 

Outra coisa que me apequenta é que no meu tempo, não existia a Popota, nem gorda, nem magra, nem meio que armada em quenga (desculpem o termo), mas esperava que a música deste ano tivesse alguma coisa a ver com a Anaconda da Nicki Minaj (com o rumo que a Popota levou...).

A Leopoldina era gorduchinha, fofa, cheia de penas e gigante! Agora é magra, tem mamas (imagine-se! um pássaro com mamas!) e é de estatura humanamente normal!

O Natal dos Hospitais que dava na RTP era muito mais interessante do que aquele que dá agora, não sei se é pela temática dos músicos convidados ou se sou eu que estou farta de programas que dão dinheiro e têm pimbalhada a tocar todos os domingos.

Já esperava ver o Sozinho em Casa a dar na televisão, mas, felizmente, ainda não passaram a saga. Como é que é possível estarmos em 2014 e andarem a passar um filme de 1990? 24 anos depois?! Tudo bem, eu percebo, a saga está genial, um puto dá cabo de ladrões com armadilhas e fartamo-nos de rir... mas todos os anos não! Ninguém aguenta! Ninguém quer saber!

 

Fora esta minha revolta (até porque adoro o Natal), o que tenho para dizer é o seguinte: vou ter por aqui uma rúbrica até ao fim do mês com algumas sugestões de handmade gifts, que acho que são assim a opção mais querida, mais "economica", mais personalizada e original para poder oferecer alguma coisa a um amigo, familiar, o que quiserem.

Não me venham com coisas de que pareço já os supermercados, porque não tem nada a ver! Presentes destes têm de ser encomendados e comprados com tempo, porque não é algo feito e que é só comprar. Leva o seu tempo e, com tempo digo, que temos de esperar pelas encomendas chegarem. Posto isto, amanhã terei cá um post com uma sugestão super querida.