Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

NO EXCUSES | A vida vai (tem mesmo de) mudar de rumo!

 

Tenho falado em felicidade, que ela deve ser construída, que os sorrisos ajudam a combater a tristeza, etc., mas e o nosso corpo? Se não gostarmos dele, se não estivermos bem com ele, como é que poderemos considerar que estamos bem e felizes? Não é que me sinta mal comigo mesma, mas tenho dias - ultimamente são muitos - em que preferia ter menos 10kg e ser jovem, saudável e esbelta, mas o cansaço aliado à preguiça e ao calor fazem com que veja isso por um canudinho.

 

Funciono muito dentro daquela ideia de healthy body, healthy mind, porque eu sei, por experiência própria que consigo ser saudável, fazer exercício e sentir-me mentalmente bem e feliz. Ter um corpo que me deixe minimamente contente, é meio caminho andado para me sentir plenamente feliz, motivada, animada... algo que nas últimas semanas se perdeu.

Em Abril, disse que por algum lado é preciso começar e eu comecei. Comecei a beber mais água: bebo em média 1L por dia + 0,75L de chá. Comecei a fazer caminhadas: o meu cão precisa porque está obeso e a dona ganha motivação para ir. Comecei a cortar nos doces e exageros: os doces foi pelas almôndegas e os exageros deixei apenas para o fim-de-semana. Bom, ainda dei 13 dicas para ter em conta quando queremos perder peso, mas há praticamente um mês que não faço caminhadas nem nada e tudo o que tinha perdido com as caminhadas, foi-se!

 

Então agora, a rapariga do estaminé das nuages decidiu tirar a cabeça da lua e meter os pézinhos no chão e a mexerem-se como deve ser! Neste momento estou com 76kg (há um mês tinha menos 2kg, o que era bastante visível) e tenho de chegar ao meu peso ideal que é 60kg - 65kg, para a minha altura. Decidi tudo isto com base no que vejo em mim, no que vejo em fotos e no que quero para mim. Há dois anos consegui ter o corpo e a vontade que queria, porque é que agora seria diferente? Por isso, achei que deveria treinar de manhã, antes do trabalho, ou seja, acordar às 6h da manhã para começar pela fresca com este belo exercício aliado a 10 min de salto à corda, não sei se sou capaz de me pôr a pé todos os dias a essa hora, mas se não conseguir, farei o super esforço de fazê-lo depois do trabalho. O plano que pretendo é este:

  • Aquecimento: tal como fazia na escola e no voleibol - corpo todo!
  • 25 flexões
  • 30 abdominais
  • 1 min de salto à corda
  • 50 seg de wall sit
  • 10 tricep drips
  • 1 min de salto à corda
  • 45 seg de prancha
  • 30 agachamentos frontais com cada perna
  • 1 min de salto à corda
  • 15 squats
  • (repetir mais 2 vezes)
  • Aquecimento final igual.

Basicamente vou intercalar os 10 min de corda repartidos a cada 2 exercícios. Vamos a ver se aguento isto! Porque também estou a ponderar fazer a minha caminhada de 3,5km (1h) depois do trabalho 3 vezes por semana. Para isso, decidi usar o calendário de exercícios de 12 semanas (3 meses) que a Ana Garcês, do infinito mais um, disponibilizou no seu post sobre #noburpeesnocookies, só para poder monitorizar a coisa nos primeiros tempos, caso veja que há resultados, logo farei um só para apontar tudinho!

 

Poderão acompanhar a evolução por aqui (haverá um post semanal com um resumo de tudo e a evolução) e através do instagram. Para quem também quiser um pouco de motivação, como eu, vou actualizando o meu álbum Healthy body, Healthy Mind do Pinterest com coisinhas boas todos os dias.

Torçam por mim que isto aproximam-se dias difíceis.

 

 

16 comentários

Comentar post