Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

nuages dans mon café

Quotidiano, inspirações, fotografia, filmes e outras coisas.

nuages dans mon café

Os novos vizinhos

 Desde já começo por esclarecer que não se trata de um tópico xenófobo ou algo do género.

 

Há cerca de 1 mês que tenho aqui uns vizinhos novos na rua, como é óbvio, as velhotas começaram logo a cochichar feitas doidas que são ciganos!, o que vai ser desta rua agora?, temos de meter trancas na porta!, ai jesus! - acho que estão a ver - até as minhas senhorias começaram a alertar-nos para deixarmos as portas e janelas que dão para a rua bem fechadas. A verdade é que até hoje não tenho razão de queixa nenhuma!

 

Já tinha visto as pessoas em questão no hospital, quando a C., colega de casa, foi parar às urgências, deram lá o show que normalmente sempre dão quando andam todos juntos: onde vai um, vão todos; quando um fala alto, o outro também fala; mas nada de anormal dentro daquilo que se conhece dos ciganos. Além disso, não tenho nada contra eles, acho até que são pessoas bastante unidas em termos de família e amigos.

 

Bom, continuando... tenho vindo a reparar que são super asseados - estendem a roupa ali na rua e é tãããão limpa! E quando digo "limpa" é porque lençóis brancos, não se vêem brancos em muito estendal que por aí anda! - têm duas miúdas pequeninas gêmeas e nunca andam a fazer trafulhices na rua, não fazem barulho nem nada por aí além, e agem como qualquer pessoa "normal" desta rua - se é que se pode chamar de "pessoa normal" a universitários barulhentos, bêbados e mal criados.

Desde há uns tempos para cá que as vizinhas se deixaram de falar deles, perceberam que são como elas (pessoas com família e afazeres normais) e que não têm nada de falar mal deles só porque são ciganos ou isto ou aquilo. Aliás, acho que é bem feita para elas pararem de cuscar a vida dos outros e de criticar sem conhecerem!

 

E hoje encontrei-me com eles quando fui à Casa das Pittas - matar o bichinho! - e estavam lá a almoçar com as miúdas e achei-as tããããão queridas! Enfim...

 

... vou indo que tenho muito que trabalhar ainda, apesar de só me apetecer sopas e descanso

 

 

2 comentários

Comentar post